Twitter

Por volta de Fevereiro de 1995, chega à Paranaguá, o Prof. Moacir Lincoln de Moura, formado em Educação Física, na cidade de Cascavel, no oeste do estado, traz consigo um objetivo.
Recém casado e com idéias ousadas, assume o desafio de ensinar e tornar conhecido, um esporte até então diferente e pouco praticado aqui no litoral. Na época, com o apoio da Fundação de Esportes e da Prefeitura Municipal de Paranaguá, apresenta o projeto “Pratique Handebol”.

Superando as expectativas, o projeto que visava incentivar a prática do esporte e melhorar a qualidade de vida das crianças da rede escolar, cresce numa velocidade impressionante e conquista, cada vez mais praticantes na cidade. Com o sucesso na rede escolar e com a procura cada vez maior por parte de novos atletas, surgiu a necessidade de se expandir o projeto para outras categorias. Contando com o apoio da Lei de incentivo ao esporte, várias empresas da cidade tornam-se parceiras do projeto.

Com a credibilidade em alta, formam-se então as primeiras equipes juvenis e adultas que representarão á cidade, estado á dentro. Neste mesmo ano, com excelentes participações em competições regionais, tanto na categoria juventude quanto na categoria adulta, surge à primeira medalha da história do handebol parnanguara, um terceiro lugar conquistado pela equipe masculina adulta, na fase regional dos JAP’S (Jogos Abertos do Paraná) em Telêmaco Borba-Pr, vencendo inclusive, equipes com mais experiência e tradição na região.

Com o passar do tempo, nossas equipes foram adquirindo experiência, tradição e respeito por parte de seus principais adversários. Já no ano seguinte, as equipes, juventude e adulta masculina, conquistam novos horizontes, com o título da equipe juvenil e o vice da equipe adulta, Paranaguá conquista o direito de participar da fase final dos JOJUP’S (Jogos da Juventude do Paraná) e JAP’S, que seriam realizados no mesmo ano no norte do estado. Mesmo com nível muito mais alto, as equipes de maior tradição no handebol paranaense se surpreendem com as equipes do litoral, que com muita raça e dedicação vão vencendo seus adversários de maneira surpreendente. Ambas chegam as semifinais, porém a equipe adulta vai mais longe, conquista o terceiro lugar na competição, ficando apenas a uma colocação da elite para o próximo ano. Foi aí então que o handebol não parou mais de crescer em Paranaguá, com as novas conquistas, ano após ano, inclusive nas categorias femininas, surge um novo projeto, “Handebol para Todos”, este, visava vôos mais altos, além de manter nossas categorias de base visando um futuro promissor, investia na categoria adulta aproveitando o crescimento, o bom desenvolvimento e os excelentes resultados obtidos, inclusive em campeonatos da Federação Paranaense e Catarinense de Handebol. O Prof. Lincoln então, mais uma vez, resolve inovar, cria a Seleção de Handebol de Praia de Paranaguá, esta, um pouco mais experiente, porém com a mesma base dos anos anteriores, recebe o convite da Federação Paranaense para participar do Campeonato Paranaense de Beach Handball, que seria realizado nas praias de Guaratuba e Caiobá-Pr no masculino e no feminino, recebe também o convite da Federação Catarinense para participar do Itajaí Handball Cup.

Mais uma vez, surpreendendo á todos, ás equipes parnaguaras conquistam excelentes terceiros lugares em suas primeiras competições de nível mais elevado. Ano após ano o handebol cresce em Paranaguá, conquistando cada vez mais títulos e credibilidade, por dois anos consecutivos a cidade foi Campeã Paranaense nas areias, tendo inclusive atletas convocados para a seleção Paranaense que conquistou o Campeonato Brasileiro, inclusive o técnico, Prof. Lincoln, foi convidado a participar do Campeonato Brasileiro como auxiliar técnico da Seleção do Paraná, sagrando-se Campeão Brasileiro naquele ano, e no feminino, atletas que até hoje fazem parte da Seleção Brasileira Juvenil e das principais equipes do Brasil, como Guarulhos e Marília.
Alguns anos depois, o Prof. Lincoln por motivos particulares, volta para a terra de seus pais, com isso o projeto acaba, sem incentivo e com pouco apoio da Prefeitura, as equipes se desfazem e lutam para se manter no topo, sem muito recurso.

Por amor ao esporte, e com a certeza de um futuro brilhante, atletas da época de ouro e que até hoje ainda participam e praticam o tão querido handebol, resolvem inovar assim como fez o Prof. Lincoln anos atrás, resolvem pensar no futuro das crianças e do handebol em nossa cidade como um todo, como um projeto de vida, tirando e desviando do caminho das drogas, incentivando ao estudo e ao bem estar físico e mental, ensinando acima de tudo a ter dignidade, e preparando para o mundo através do esporte, com isso no dia 06 de Junho de 2007, nasce então, a “AHPA” – Associação de Handebol de Paranaguá. Entidade social sem fins lucrativos, que tem por objetivo o desenvolvimento global da comunidade, promovendo o desenvolvimento do esporte, vínculos de solidariedade e cooperação, colaborando com os poderes públicos agenciando situação sócio-cultural da comunidade, incentivando a prática de exercício físico, melhorando assim a qualidade de vida da nossa gente.